Um dia ruim.


Deito-me todos os dias, com alguma lâmpada ligada, pois os meus pensamentos e imaginação as vezes me assombram, olho para as fotos antigas na parede, era um tempo de alegria, mas agora, as verdadeiras fotos estão guardadas em forma de lembranças das memórias que se passou hoje, um péssimo dia!


E lá vai os meus olhos no automático, cai uma, cai duas, caem várias lágrimas, tento controlar para parecer mais forte, mas em modo automático, não sou eu que as controlo, então sinto-me fraca novamente. É incrível a forma que pessoas importantes para você conseguem definir a sua vida, o seu dia, o seu humor, e as vezes aguentar calada com minhas lágrimas no quarto sozinha é a melhor opção, afinal o quarto nem meu é, a casa nem minha é, só me resta aguentar até poder chamar o lar de meu, ser forte e lutar para isso se realizar, apago a luz e vou tentar sonhar!   

You May Also Like

0 comentários